EN
 
       
  Contactos  
 
     
 
         
 
José Albuquerque Barroso
         
         

Nasceu em 1945 na cidade de Luanda. Veio para Lisboa com doze anos de idade, onde se licenciou em Direito em 1970, indo exercer advocacia para a sua cidade natal. Permaneceu em Angola até 1976, tendo testemunhado as vicissitudes da sua independência. Depois, até 1978, diz que se «exilou» em Itália e na Suiça. A partir de então fixou-se em Lisboa onde até hoje exerce a profissão de advogado. Em 1980, instigado pelo Mário António Fernandes de Oliveira, publica o seu primeiro livro de poemas, Português Ainda. Seguem-se Neste Ano, Paralelo Anónimo e, em 1989, Pai Pátrio. A partir daí, remeteu-se ao silêncio, mas, sabe-se hoje, nunca parou de escrever romances, novelas, contos, ensaios e poesia. Anjos em Moldura de Prata foi o primeiro romance escolhido para iniciar a divulgação desses seus escritos; «outros se lhe seguirão se os leitores assim o quiserem».

 
     
     
 
 
 
LIVROS PUBLICADOS PELA ÉSQUILO:
 
 
 
 
     
 
       
         
topo mailing