EN
 
       
   
 
       
         
 

 
 

 

 
romance histÓrico
O Amor Proibido de uma
Freira Portuguesa
Myriam Cyr
 

Séculos mais tarde, estas cartas continuam ainda a falar-nos acerca de um amor que transcendeu barreiras sociais e, em última análise, o próprio tempo.

 

"Estas 5 cartas de uma freira portuguesa de 26 anos dirigidas a um oficial francês destacado na sua cidade natal, Beja (...) são de cortar a respiração."
"Los Angeles Times", 1 Janeiro 2006

"É necessário que amemos como a freira portuguesa, com aquela alma ardente cuja marca incandescente nos foi deixada nas suas cartas."
Stendhal

"E acima de tudo, Mariana Alcoforado, aquela criatura incomparável, em cujas cinco pungentes cartas se cartografa pela primeira vez o amor feminino... desenhado como que pela mão de uma sibila.
É-lhe concedido o diploma da arte de amar."

Rainer Maria Rilke

Myriam Cyr, actriz de teatro internacionalmente famosa, expõe neste livro o resultado da sua investigação meticulosa sobre as célebres Cartas atribuídas à freira portuguesa do século XVII, Mariana Alcoforado. Cartas de um amor proibido entre uma freira portuguesa e um oficial francês que vieram a inspirar a imaginação de poetas, pintores e académicos de todas as épocas, ao mesmo tempo que o mistério acerca da sua autoria persistia.
Em 1669, um livreiro parisiense publicou um pequeno volume chamado Cartas Portuguesas, que pôs Paris em pé-de-vento. Quando se tornaram públicas nos salões de Paris, pensou tratar-se da criação ficcional de um aristocrata francês. A ideia generalizada era a de que uma mulher não poderia escrever palavras de tão surpreendente veracidade e beleza. O volume tornou-se um best-seller da época, enquanto o oficial manteve um silêncio cavalheiresco até à sua morte.

Eis que agora, depois de uma pesquisa meticulosa, Myriam Cyr defende de forma persuasiva a tese segundo a qual foi de facto a freira, Mariana Alcoforado, quem escreveu as cartas, e de que a sua experiência é uma das mais comoventes na história do amor proibido.

Séculos mais tarde, as cartas continuam ainda a falar-nos acerca de um amor que transcendeu barreiras sociais e, em última análise, o próprio tempo. Ao afirmar ousadamente que Mariana é a autora daquelas expressões espantosas, Cyr coloca-a no panteão dos maiores poetas do amor. Um excelente trabalho de pesquisa de leitura apaixonante de uma actriz americana que dignifica este episódio da nossa História.

 
Título: O Amor Proibido de uma Freira Portuguesa
Autor: Myriam Cyr
ISBN: 972-8605-76-5
Formato: 16X23 Cm | Nº de Páginas: 216 | Capa mole
Preço:INDISPONÍVEL
 
 
         
     
         
topo